10 Dicas para se tornar uma pessoa mais interessante

You are currently viewing 10 Dicas para se tornar uma pessoa mais interessante

1. O dinheiro nunca resolve problemas pessoais

O dinheiro é uma ferramenta com a qual podemos comprar as coisas de que precisamos para sustentar a vida, mas nunca é uma cura para nossos problemas pessoais. 

Existem inúmeras pessoas que têm pouco dinheiro e ainda assim vivem vidas felizes e realizadas, e há muitas que tiveram muitas bênçãos materiais, mas cujas vidas são miseráveis. 

O dinheiro pode comprar um carro grande, uma casa, roupas bonitas, segurança e muito mais, mas não cura a solidão, não conserta relacionamentos rompidos e a felicidade que traz não é duradoura. 

A felicidade não pode ser comprada com dinheiro, portanto, aqueles que esperam a felicidade do dinheiro nunca poderão ser completamente felizes.

2. Faça as pazes consigo mesmo

Assim que crescemos, sentimos que temos que fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Temos que decidir tudo que determina nosso destino, temos que vivenciar tudo, encontrar nossa alma gêmea, entender o sentido da vida, e tudo isso ao mesmo tempo. Lento!

Deixe sua vida fluir à sua maneira. Espere um pouco, dê um tempo a si mesmo e considere suas opções. Aproveite cada experiência e pense sobre os efeitos em você e, em seguida, tome decisões importantes em sua vida. 

Trabalhar em direção aos nossos objetivos e planejar o futuro é muito importante em muitos casos, mas apressar as coisas na maioria dos casos reverte seu progresso.

3. Você não pode agradar a todos

Não sei a receita do sucesso, mas o segredo do fracasso é tentar agradar a todos. Não é necessário que todos concordem com você ou que todos gostem do que você faz. 

É um desejo natural do ser humano pertencer, ser valorizado e respeitado pelos outros, mas isso não é sinônimo de felicidade. Se comunique com ousadia com os outros, desfrute da companhia daqueles que nos rodeiam, ganhe respeito, mas sempre permaneça fiel aos nossos próprios valores.

4. A saúde é o bem mais valioso

A saúde é um tesouro inestimável, sempre a valorizamos e protegemos. Infelizmente, poucas pessoas pensam nisso quando são jovens e prestam pouca atenção a isso até serem forçadas a se preocupar com isso. 

Doenças cardiovasculares, osteoporose, câncer e muitas outras doenças podem ser prevenidas, então vamos cuidar da nossa saúde para não nos arrependermos dos nossos erros depois.

5. Nem sempre conseguimos o que queremos

A vida é o que acontece quando estamos ocupados com outras coisas – resumiu a essência de John Lennon. Por mais que trabalhemos e planejamos, muitas vezes não sai como queríamos.

Não há razão para desanimar. Vamos experimentar primeiro, só então poderemos encontrar o caminho certo.

6. Nem tudo é sobre nós

Não somos o centro do universo. É normal que estejamos no centro de nossas próprias vidas, estamos preocupados principalmente com nós mesmos, mas não se esqueça de reservar um tempo para os processos que ocorrem em nosso ambiente e as pessoas que vivem em nosso ambiente, e então tente observar nossa própria vida como um observador externo. 

A perspectiva pode ser uma grande ajuda.

7. Não tenha vergonha se não souber algo

Ninguém sabe tudo, ninguém tem todas as respostas para as perguntas do mundo. Não temos vergonha de dizer que não sabemos de certas coisas, porque ninguém é perfeito. 

Como resultado, todos nós cometemos pequenos ou grandes erros, mas este é um processo de aprendizado. Você pode aprender algo novo todos os dias, então sejamos corajosos e abertos ao novo.

8. O amor é mais que um sentimento, o amor é uma escolha

A explosão inicial de felicidade e paixão não dura muito, mas isso não significa que relacionamentos de longo prazo baseados no amor não sejam possíveis. 

O amor não é apenas um sentimento, mas uma escolha, uma decisão que tomamos todos os dias. 

Devemos ser capazes de perdoar, ser gentil, respeitar os outros, servir de apoio e ser fiéis. Os relacionamentos precisam ser trabalhados e, em muitos casos, isso não é tão fácil.

9. Nos olhamos de fora

Tudo o que nos acontece pode parecer muito importante, mas quando examinado de um ponto de vista externo, verifica-se que não é particularmente importante. 

As lutas, cargas e mudanças cotidianas não são permanentes na maioria dos casos, não farão diferença em 20, 30 ou 40 anos. 

É difícil ter uma visão de longo prazo quando estamos acostumados com metas de curto prazo, mas se não for uma questão de vida ou morte, que o vento sopre.

10. Não aceite nada em troca de dinheiro

Em muitos casos, tendemos a subestimar o que temos até perder: saúde, família, amigos, trabalho, dinheiro, etc. Os jovens pensam que seus pais sempre estarão ao seu lado, mas não é assim. 

Eles acham que têm tempo suficiente para entrar em contato com velhos amigos ou cultivar relacionamentos com novos, mas não o fazem. 

Nada na vida garante que o que você tem hoje estará lá amanhã. A vida pode mudar em um segundo, então sempre valorizamos o que temos agora.

Deixe um comentário