11 Coisas que as mulheres foram completamente proibidas de fazer nos anos 50 e 60

11 Coisas que as mulheres foram completamente proibidas de fazer nos anos 50 e 60

Todos aprendemos na escola como as mulheres tinham que lutar incansavelmente por seus direitos para não serem subestimadas pela sociedade.

Conseguir que elas tenham o direito de votar, de ter tratamento igual no ambiente educacional ou de gozar de liberdade quando se vestem é apenas a ponta do iceberg de todas as pequenas batalhas que o gênero feminino teve que enfrentar nos últimos 50 anos.

Embora, obviamente, ainda existem muitos aspectos que devem mudar no nosso dia a dia, para que haja tratamento igual para ambos os sexos, a quantidade de coisas que nossas mães e avós tiveram que suportar são infinitamente piores!

A seguir, mostraremos algumas das vitórias que as mulheres alcançaram na defesa de seus direitos:

1- Abrir uma conta bancária

Pelo menos não sem o marido ou sem a permissão de um parente do sexo masculino, até 1974 uma mulher não tinha a capacidade de abrir uma conta bancária própria.

2- Servir como júri

Progressivamente e ao longo dos anos, mulheres de diferentes estados conseguiram ocupar os assentos na tribuna do júri. Finalmente, em 1968, legalizou que o sexo feminino poderia fazer parte de um júri.

3- Trabalhar em um tribunal

Mesmo tendo educação suficiente e tendo passado em todos os testes necessários, as mulheres foram proibidas de praticar direito até 1971.

4- Ter acesso a pílulas anticoncepcionais

O contraceptivo foi aprovado em 1960, no entanto, levou alguns anos para legalizar seu uso em todos os estados.

5- Ter licença de maternidade

Se uma mulher conseguisse um emprego, provavelmente o perderia quando engravidasse. Isso não mudou até 1978.

6- Amamentação em público

Nas áreas públicas, era proibido às mães amamentarem seus bebês até que um projeto de lei fosse finalmente aprovado pelo Congresso para acabar com essa discriminação social.

7- Frequentar a universidade

A Universidade de Harvard não permitiu que as mulheres assistissem às aulas até 1977, as universidades de Yale e Princeton estavam um pouco à frente nessa questão ao admitir uma mulher em suas salas de aula em 1969.

8- Frequentar uma academia militar

As primeiras alunas não foram aceitas na Academia de West Point até 1976.

9- Maratona de Boston

A maratona lendária foi uma competição exclusiva para homens até 1972.

10- Servir em combate

Embora muitas mulheres trabalhem muito em algumas posições do exército, elas não foram autorizadas a ir para a linha de frente até muito recentemente, em 2013.

11- Se tornar astronauta

A NASA se recusou a ter uma mulher em suas fileiras até Sally Ride violar as regras em 1978.

Compartilhe com todos os seus amigos!

Deixe uma resposta