15 Habilidades sociais que toda criança deveria ter para ser feliz na vida

15 Habilidades sociais que toda criança deveria ter para ser feliz na vida

Os seres humanos são seres sociais e, portanto, precisamos adquirir habilidades sociais para poder interagir com os outros de forma eficaz. Em grande parte, nossa felicidade depende de nosso relacionamento com o meio ambiente e com as outras pessoas.

Não possuir certas habilidades sociais acaba determinando nosso comportamento e pode gerar conflitos em nosso dia a dia. É importante que as habilidades sociais sejam adquiridas desde a infância, por isso preparamos uma lista de 15 habilidades sociais que devemos ter desde crianças para sermos felizes na vida. 

1. Autocontrole das emoções

O autocontrole emocional é fundamental para ter uma boa convivência com outras pessoas, e é preciso para ser feliz. Estar atento e saber regular as emoções é necessário para desenvolver o nosso bem-estar e poder enfrentar melhor as situações.

2. Discordar de maneira respeitosa

Aprender a mostrar e defender nosso ponto de vista sem esquecer de respeitar as opiniões dos outros nos ajuda a ter uma comunicação eficiente e que as outras pessoas estejam dispostas a interagir conosco.

3. Use uma linguagem positiva consigo mesmo

Tratar bem os outros é tão importante quanto tratar bem a nós mesmos. O diálogo interno é uma prática necessária e emocionalmente terapêutica para tratar de forma adequada. 

Se o diálogo positivo consigo mesmo é treinado, o cérebro funciona muito melhor, nossa autoestima aumenta e administramos melhor as emoções.

4. Ler instruções e sinais

O mundo está cheio de sinais e orientações que devemos seguir para viver em sociedade. Aprender todos esses sinais é muito importante desde a infância, pois nos garante que cresceremos nos adaptando corretamente ao mundo em que vivemos e às normas sociais que devemos seguir.

5. Compartilhar

A felicidade não aumenta apenas quando compartilhamos o que temos com os outros. Deixar o egoísmo para trás é vital para poder estabelecer relacionamentos saudáveis ​​e mútuos desde que somos crianças.

6. Mostrar empatia

Se colocar no lugar do outro e tentar sentir o que ele sente ou mesmo o que está pensando é necessário para estabelecer relações com as outras pessoas e saber como devemos nos comportar em cada situação.

7. Expressar sentimentos

Expressar nossos sentimentos e ver outra pessoa expressá-lo melhora o relacionamento interpessoal, pois com isso estamos facilitando para que as pessoas nos compreenda e para que a outra pessoa seja e se sinta compreendida. 

Quando uma pessoa é reconhecida emocionalmente e reconhece outra, a confiança aumenta e o relacionamento melhora.

8. Respeitar o espaço do outro

Pessoas que estão continuamente em contato com outras pessoas, desde a infância, é importante que aprendamos desde cedo a esperar o nosso momento e a respeitar o espaço dos outros. 

Seja no trabalho, com os amigos ou em casa, à medida que crescemos nos tornamos negociadores que têm que lidar com os conflitos no dia a dia e se adaptar ao contexto. Para estabelecer relacionamentos saudáveis ​​e ser feliz é muito importante ficar tranquilo e ter paciência.

9. Pedir perdão

Ninguém é perfeito e nem nós. Saber aceitar que os outros estão errados e que também somos muito importantes mesmo quando somos crianças. Muitas vezes somos muito orgulhosos ou muito duros conosco e com os outros. 

Saber pedir perdão e perdoar os erros das outras pessoas (e os nossos) é vital para poder lidar com as emoções negativas e cuidar do nosso bem-estar.

10. Ficar calmo em momentos de estresse

É fácil se sentir oprimido em tempos de estresse, mas entrar em espiral para sentimentos negativos e nervosismo só piora as coisas. Ter uma mente positiva e abordar situações estressantes com otimismo ajuda você a ter uma vida mais feliz e melhores resultados. Além disso, incentiva outras pessoas a querer interagir conosco.

11. Encontrar soluções usando a criatividade

Ensinar as crianças a resolverem os próprios problemas as ajudará a enfrentar tudo com mais leveza quando forem adultas. O grande problema é que muitos pais querem resolver tudo para os filhos, com isso, criamos pessoas frustradas com grande potencial de fracasso!

12. Expressar ideias, sentimentos e pensamentos

Saber expressar o que sentimos ou pensamos é fundamental quando se trata de nos relacionarmos com os outros. É importante que, desde a infância, desenvolvamos uma linguagem clara e boas habilidades de improvisação e uma linguagem não verbal que permita aos outros entender o que queremos transmitir.

13. Escuta ativa

Saber ouvir é muito importante na comunicação entre as pessoas. Às vezes não percebemos, mas passamos muito tempo pensando sobre o que dizemos nós mesmos e muito pouco tempo prestando atenção ao outro. 

Estar ciente das emoções e da linguagem não verbal é essencial para ser capaz de se conectar com outra pessoa e estabelecer relacionamentos saudáveis.

14. Respeitar o espaço pessoal

As pessoas estarão mais dispostas a se envolver conosco se respeitamos sua privacidade, espaço pessoal e seus próprios valores e ideias. O desrespeito nesse sentido costuma ser uma atitude altamente odiada e tóxica que corrói os relacionamentos e cria rejeição dos outros. 

Por isso, é muito importante que desde cedo respeitemos e façamos valer o nosso espaço, para termos relacionamentos saudáveis ​​e sermos felizes.

15. Seguir as instruções

Agora temos à nossa disposição aplicativos interativos que nos mostram o caminho que devemos seguir para chegar ao nosso destino e que nos informam onde estamos. 

Apesar disso, ainda é muito importante que, quando somos crianças, aprendamos a usar um mapa, a nos localizarmos no espaço e a seguir as orientações que os outros nos dão. Isso fortalece nossa memória espacial.

Deixe uma resposta