20 Erros comuns que os pais cometem hoje na educação dos filhos

20 Erros comuns que os pais cometem hoje na educação dos filhos

Os pais sempre buscam oferecer as melhores alternativas e métodos para que seus filhos tenham os melhores resultados. Embora seja inevitável cometer certos erros durante o processo de criação dos filhos, isso geralmente ocorre inconscientemente.

É por isso que aqui estão alguns dos erros mais comuns que os pais tendem a cometer com frequência. Que podem manifestar consequências no desenvolvimento emocional das crianças, caso não se corrijam esse comportamento.

20 Erros mais comuns que os pais cometem

1. Falta de paciência: Um erro comum dos pais é apressar os filhos por falta de tempo e paciência. Isso impede que as crianças desenvolvam suas habilidades em seu próprio ritmo.

2. Apressar: A rotina agitada faz com que os pais se mantenham em ritmo acelerado. Um erro grave que impede as crianças de ter tempo para aprender e descobrir.

3. Ignorar seus sentimentos: As crianças experimentam dor, tristeza e raiva de forma diferente dos adultos, por isso requer empatia, paciência e compreensão das emoções das crianças.

4. Comparações: Comparações afetam negativamente o desenvolvimento da criança, prejudicam sua autoestima e confiança em seus relacionamentos, habilidades e qualidades.

5. Discutir na frente deles: As agressões físicas ou verbais tendem a marcar as crianças, pois é um comportamento fácil de imitar e aprender.

6. Promessas não cumpridas: Fazer promessas vazias e não cumpri-las prejudica a confiança e o respeito pelos pais.

7. Não confiar o suficiente: A confiança é essencial para o vínculo entre um pai e seus filhos, desta forma eles reconhecem suas palavras e conselhos.

8. Crítica-los para outras pessoas: As palavras podem causar grande dano à autoestima das crianças, que podem ser afetadas pelas críticas.

9. Exigir demais: Todas as crianças precisam de liberdade para encontrar a si mesmas e o que desejam ser ou fazer no futuro.

10. Não tolerar erros: O sucesso e o fracasso trazem experiência, conhecimento e ensinamentos para todas as pessoas, por isso mesmo os erros têm valor para o crescimento dos filhos.

Erros que os pais precisam corrigir imediatamente:

11. Parar de se projetar neles: Respeite suas decisões, opiniões e pensamentos, seus sonhos e objetivos são apenas seus e não devem fazer parte da criação de seu filho.

12. Gritar na frente deles: As palavras têm um grande impacto nas crianças, principalmente os gritos e xingamentos típicos de um momento de emoção.

13. Tentar ser o melhor amigo: Ao buscar uma amizade, perde-se o valor do respeito que os filhos deveriam sentir pelos pais. Além de mantê-lo afastado das outras crianças, focando nos interesses dos adultos.

14. Não deixar a criança errar: As crianças precisam cair para aprender a se levantar, acontecimento natural que acontece na vida pessoal, profissional e sentimental. Ao evitar isso, cria-se um equívoco sobre os erros, capaz de afetá-los no futuro.

15. Ensinar através da proibição: Proibir não é um método construtivo de aprendizagem, pois gera o efeito oposto, especialmente em crianças desafiadoras. Melhor mostrar o que é bom e o que não é, para que possam entender o que devem e podem fazer.

16. Vida de mentiras: A verdade é necessária por mais cruel que seja, é melhor contar às crianças a realidade e o que acontece. Assim poderão confiar e contar consigo nas dificuldades, reconhecendo a sua honestidade.

17. Incentivar a perfeição: Ninguém é perfeito, sempre há falhas, erros, mal-entendidos e problemas. A falsa sensação de perfeição impede as crianças de visualizar a realidade, acreditando na fantasia que seus pais lhes incutiram.

18. Superproteção: Para se desenvolverem como pessoas, as crianças precisam viver suas próprias experiências positivas e negativas, longe da proteção de seus pais. Só então você descobrirá seus limites, qualidades e capacidades.

19. Os deixar de lado: Os filhos devem ser a principal prioridade na vida dos pais, mesmo que haja outros deveres ou necessidades. Ao colocá-los de lado em um momento de necessidade, os filhos se sentem menos amados, valorizados e apreciados, sentimento que afeta sua autoestima com o tempo.

20. Desvalorizar suas experiências: As conquistas e aventuras das crianças têm um alto valor para seu desenvolvimento pessoal. Mesmo que seja um pequeno feito, seu esforço, dedicação e esforço devem ser apreciados.

Deixe uma resposta