5 Coisas que todos os pais deveriam fazer para ensinar que seus filhos sejam responsáveis

Você está visualizando atualmente 5 Coisas que todos os pais deveriam fazer para ensinar que seus filhos sejam responsáveis

Um aspecto muito importante durante a infância é ensinar a criança a assumir responsabilidades à medida que cresce. Isso não só o ajudará a seguir as regras e a ser mais disciplinado, mas também a ganhar autonomia e independência.

Especialistas dizem que crianças que assumem a responsabilidade por suas ações desde cedo se tornam pessoas mais autoconfiantes que sabem tomar melhores decisões na vida do que aquelas que aprendem a ser responsáveis ​​em uma idade mais avançada.

5 Estratégias para promover a responsabilidade infantil

1. Deixe seu filho tomar algumas decisões

Permitir que a criança tome decisões em determinadas áreas é uma das melhores formas de estimular seu senso de responsabilidade e autonomia. De fato, foi demonstrado que crianças que tomam pequenas decisões por conta própria desenvolvem maior autoconfiança, têm mais autoestima e são mais independentes.

Para alimentar sua capacidade de tomar decisões, você pode permitir que ele escolha as roupas para usar durante o dia, os livros para ler para passar o tempo ou as atividades extracurriculares que prefere fazer. Além disso, é bom deixá-lo ciente das consequências de suas decisões, sejam elas certas ou erradas.

2. Deixe que a criança cuide de uma planta ou animal de estimação

Ao dar ao seu filho a oportunidade de cuidar de uma planta ou animal de estimação, você o ajuda a estimular seu desenvolvimento emocional e a respeitar a natureza, ao mesmo tempo que o ensina a estabelecer uma rotina diária e aumenta o senso de responsabilidade. 

No início, você pode deixar plantas que não exigem muitos cuidados ou animais de estimação que não precisam de muita atenção, como, por exemplo, uma tartaruga ou um peixe, pelo menos até que o pequeno consiga ganhar alguma experiência.

Você pode supervisionar suas atividades para garantir que ele regue as plantas com a frequência certa ou que alimente o animal que está cuidando diariamente, o importante é fazer entender que sua responsabilidade e suas ações podem repercutir nesse ser vivo.

3. Peça para ele se responsabilizar pelo quarto dele

Uma estratégia bastante eficaz para promover a responsabilidade na infância é deixar a criança administrar seu próprio quarto. 

A regra é muito simples: você não precisa arrumar, organizar ou limpar o quarto dele, pois isso é responsabilidade dele. Portanto, se o quarto dele estiver desorganizado, basta ficar de lado e deixar a criança decidir quando arrumar e limpar. Dessa forma, ele também adquire autonomia, aprende a organizar seu espaço pessoal e a criar uma rotina diária.

4. Dê a ele tarefas domésticas para fazer

Muitas crianças ficam animadas quando são solicitadas a ajudar os pais nas tarefas domésticas, pois é uma forma de se sentirem importantes. No entanto, muitas vezes não percebemos que dar lição de casa a uma criança não é apenas uma maneira de aliviar nosso trabalho em casa, é também uma estratégia válida para estimular sua independência e senso de responsabilidade. 

Arrumar a sala, arrumar a cama, preparar a mochila para a escola, limpar a mesa ou regar as plantas do jardim, são tarefas que podem ajudar a criança a organizar seu tempo e ser responsável por suas próprias ações.

5. Não execute as tarefas que você confiou à criança

Com a boa intenção de ajudá-los, às vezes, os pais realizam as tarefas que foram destinadas aos filhos; arrumar a cama quando o pequeno não teve tempo, arrumar o quarto e até fazer trabalhos escolares para ele não deixar de cumprir seus deveres. 

Esses tipos de comportamentos estão longe de ajudar a criança. Uma criança que não tem permissão para cometer erros de aprendizagem e que é superprotegida por seus pais provavelmente se tornará um adulto incapaz de assumir a responsabilidade por suas próprias ações.

Este post tem um comentário

  1. Rozana

    Ótimos conselhos!!

Deixe um comentário