5 Coisas Que Vão Acontecer Com Seu Corpo Se Você Parar De Comer Farinhas

You are currently viewing 5 Coisas Que Vão Acontecer Com Seu Corpo Se Você Parar De Comer Farinhas

Carboidratos são nutrientes que nosso corpo precisa para obter energia. Mas mesmo que os carboidratos façam parte de uma dieta, as farinhas refinadas não são as mais recomendadas, pois não possuem uma grande contribuição nutricional e geram ganho de peso.

Em seguida, vamos dar 5 dicas com os grandes benefícios que farão muito bem ao nosso corpo se deixarmos de consumir as farinhas refinadas em excesso!

Porque devemos parar de consumir Farinhas Refinadas?

Como dissemos, as Farinhas são um tipo de carboidratos não saudáveis. Se consumimos muito, o fígado não terá a possibilidade de processá-las e irá transformar em gorduras.

1- Evitaremos os Distúrbios Intestinais:

As farinhas contêm um suplemento chamado lecitina, que causa inflamação intestinal e também afeta as células. 

As farinhas refinadas perdem 80% das fibras, portanto consumiremos muitos carboidratos de liberação rápida que prejudicarão nosso fígado e estômago.

2- Um PH balanceado:

O corpo humano tem um PH balanceado, que normalmente é de 7,4; portanto, qualquer alteração pode ser prejudicial

Consumir grandes quantidades de farinhas refinadas irá destruir o cálcio nos ossos e nos afastaremos desse equilíbrio.

3- Peso balanceado:

Farinha de trigo contém uma propriedade chamada gliadina, que atua em nosso cérebro dando o sinal do apetite. 

Alimentos com farinhas refinadas também contêm quantidades elevadas de açúcar, portanto, aumentam a glicemia e isso favorece o apetite.

4- O colesterol é controlado:

Mau colesterol (LDL) permanecerá em níveis baixos, se você parar de comer farinha refinada, e aumentar o colesterol bom (HDL), portanto, irá reduzir substancialmente os riscos de doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

5- O metabolismo acelera:

Isso foi determinado por um estudo no qual dois grupos de pessoas com pesos semelhantes foram divididos. Um grupo recebeu farinha refinada e a outra farinha integral. 

Depois que o estudo foi concluído, determinou-se que o grupo com o maior consumo de farinhas refinadas tinha um metabolismo lento e aumentara seu nível de glicose no sangue.

No corpo humano a gordura contribui para a formação de triglicerídeos, que geram energia, mas em níveis elevados são prejudiciais, pois em abundância aumentam as chances de sofrer um ataque cardíaco.  

Se omitirmos o consumo de farinhas, ajudamos a reduzir os triglicerídeos e, com eles, longe dos problemas cardiovasculares.

A exclusão em quantidade de farinhas refinadas, é muito positiva para a saúde, mas isso não significa que você tenha que proibir seu consumo. 

Em pequenas quantidades e poucos dias na semana, será suficiente manter um equilíbrio fundamental ao organismo. 

Uma boa nutrição acompanhada de uma rotina diária de exercícios será ideal para uma vida saudável e cheia de energia.

Deixe um comentário e diga se você se sente capaz de reduzir a quantidade de farinha ou é muito viciado nisso.

Deixe uma resposta