5 Erros que deixam suas PLANTAS feias

You are currently viewing 5 Erros que deixam suas PLANTAS feias

Adoramos ter plantas em casa. Principalmente se moramos em um apartamento. As plantas nos colocam em contato com a natureza, perfumam o meio ambiente, renovam o oxigênio e purificam o ar que respiramos.

Mas se as folhas parecem amareladas, murchas ou com manchas pretas, isso significa que algo está errado. 

Embora as plantas que ficam dentro de casa sejam mais fáceis de manter, temos que aprender a cuidar delas, porque os erros que cometemos farão com que pareçam feias primeiro para que morram depois.

1. Expor ao sol por muito tempo

Nem todas as plantas precisam e toleram o sol direto por muito tempo. Se as expormos aos raios ultravioleta, as folhas verdes queimarão e ficarão escuras, o que as fará parecer murchas e amareladas. Manchas marrons ou amarelas aparecerão nas folhas e, com o tempo, começarão a cair. 

Para evitar isso, podemos usar véus ou telas que filtram os raios solares, ou colocar o vaso onde não pega muito sol.

2. Regar em excesso

Assim como o sol, nem todas as plantas precisam da mesma quantidade de água. Os cactos podem ficar mais tempo sem água e as plantas tropicais precisam de mais hidratação. 

Muita água faz com que o solo se transforme em uma poça e as raízes não possam respirar normalmente ou sugar nutrientes do solo. Consequentemente, as folhas ficarão pretas e a planta morrerá.

Podemos resolver isso se verificarmos se a terra tem umidade. Mesmo quando a superfície parece seca, temos que nos certificar de que as camadas mais profundas contenham umidade. Podemos fazer isso com os dedos, um lápis ou uma espátula. Se houver umidade, podemos suspender a irrigação até que seja necessário. 

3. Deixar pó nas folhas

Se for uma planta com folhas grandes, o pó que se deposita sobre elas forma uma camada que obstrui os poros e as impede de respirar. Isso não afeta apenas a parte estética da planta, mas também suas funções vitais e fotossíntese. A camada de poeira reduz a quantidade de luz solar e prejudica o crescimento das plantas.

Podemos evitar isso se limparmos as folhas pelo menos uma vez por semana com um pano úmido com água ou álcool.

4. Usar muito fertilizante

Assim como acontece com o sol e a água, embora o fertilizante ajude o crescimento das plantas, seu excesso torna isso difícil.

Muitos nutrientes sobrecarregam a planta, que não pode processá-los, fazendo com que ela seque, queime e pare de crescer. Além disso, os torna mais suscetíveis a certas doenças. O excesso de sais no solo pode queimar as raízes, de modo que as plantas ficarão fracas, com folhas escuras e caídas.

Podemos evitar isso se utilizarmos o fertilizante seguindo as instruções, na quantidade adequada e nos horários indicados.

5. Tamanho do vaso errado

As plantas não têm todas as mesmas necessidades. Algumas têm um sistema de raiz longo e precisam de um contêiner de acordo com sua extensão. Se estiverem em um vaso pequeno, as raízes se aglomeram e perdem força, afetando o crescimento da planta.

Por outro lado, se a planta tiver raízes pequenas e elas estiverem localizadas em um vaso grande, o solo terá um excesso de umidade, o que pode causar o apodrecimento das raízes. Em ambas as situações, as folhas parecerão pouco saudáveis ​​ou completamente murchas. Podemos consultar um jardineiro ou em nosso viveiro para saber o tamanho apropriado do vaso.

Deixe um comentário