5 Plantas medicinais que você pode cultivar em casa

5 Plantas medicinais que você pode cultivar em casa

As plantas nos alimentam e nos curam, tanto no corpo como na alma, algumas delas são fáceis de cultivar no nosso jardim ou pomar: tenha uma ‘farmácia viva’ à sua disposição na sua casa!

Plantas são vida!

A existência humana depende, entre outros fatores, do mundo vegetal que nos rodeia e que constitui o nosso meio ambiente.

As plantas que alimentamos e curamos o corpo e a alma.

Desde os tempos antigos, o homem acumulou um vasto conhecimento sobre as plantas medicinais. Algumas dessas plantas medicinais são fáceis de cultivar em nosso jardim ou pomar. Confira!

1. Hortelã:

Nome científico: Mentha spicata

Características e utilizações: Problemas digestivos, acalma os nervos, melhora a digestão, indigestão, dores de estômago, anti-helmíntico.

2. Tomilho

Nome científico: Thymus vulgaris.

Características e utilizações: Fornece vitamina K, ferro, magnésio e cálcio. Antiséptico, antioxidante, analgésico, antibacteriano, expectorante.

3. Babosa:

Nome científico: Aloe barbadensis

Características e utilizações: Cura, tosse, bronquite, varizes, dores musculares, problemas de pele, diabetes. Ação anti inflamatória e benéfica na gastrite. Ação antibiótica contra Bacillus butilis, Staphylococcus aureus e antiviral herpes simplex.

4. Orégano

Nome científico: Origanum vulgare

Propriedades e utilização: Dor de estômago, antiespasmódico, cólica hepática, gastrite, dor de estômago, diarreia, flatulência, mau hálito. Descongestivo das passagens nasais.

5. Alecrim

Nome científico: Rosmarinus officinalis.

Propriedades e utilização: Antiespasmódico, previne a queda dos cabelos, reumatismo, artrite, sarampo, problemas respiratórios e digestivos, tensão arterial baixa, problemas dermatológicos.

Plante suas ervas medicinais!

1. Leve em consideração o seu espaço, de preferência sob luz solar direta ou ensolarada, se não for possível através de uma janela.

2. Organize os recipientes ou potes que ocuparão o espaço designado.

3. Solo de folhas soltas.

4. No seu mercado local você já pode obtê-los em sacos prontos para o transporte, lembre-se de fazê-lo à tarde sem sol, para evitar o estresse.

* Você pode germinar, lembre-se de seguir as instruções nos envelopes de sementes. Venda em supermercados.

5. Escolha as plantas que melhor se adaptam às suas necessidades e às da sua família, as que usará de uso comum.

6. Mantenha-as úmidas, a rega depende do local escolhido. Uma ponta, enterra uma língua abade, deve sair molhada do contrário água.

7. Corte de preferência ao amanhecer antes do nascer do sol ou à tarde, agradeça a sua planta antes de cortar.

8. Deve ter tesouras especiais apenas para as suas plantas, com um bom fio (lave muito bem ou desinfete com álcool a cada corte).

9. Os cortes devem ser do lado de fora e rentes ao caule.

10. Não deixe suas plantas florescerem, vá fazendo cortes para que se mudas.Observação: Caso não utilize as folhas e galhos, coloque para secar em papel pardo ou guardanapos em local sem sol. Depois de seco, armazene em envelopes ou frascos e coloque etiqueta.

Deixe uma resposta