Aprenda a cultivar tomates sem limites usando apenas 4 fatias

Aprenda a cultivar tomates sem limites usando apenas 4 fatias

Não há nada pior do que abrir a geladeira e encontrar os tomates já em estado de decomposição ou, na pior das hipóteses, descobrir que eles já acabaram. No entanto, em vez de jogar fora, se estiverem maduros, você pode usar para cultivar tomates frescos e orgânicos. 

Confira este artigo para ver os detalhes de como você pode cultivar tomates dessa maneira simples e rápida.

Como cultivar tomates usando fatias de tomate podre?

Cultivar plantas de tomate é incrivelmente fácil e requer nada mais que uma panela, um pouco de terra e algumas fatias de tomate maduros demais.

Para começar, você precisa de quatro fatias finas de tomate. 

Coloque-os em cima de uma grande pilha de terra envasada em recipiente.

Em seguida, você precisa cobrir as quatro fatias com outra camada leve de solo. 

Certifique-se de que essa camada de solo seja a mais fina possível, mas que os tomates estejam cobertos, pois, se a camada de solo for muito grossa, os tomateiros não poderão brotar.

Depois de duas semanas regando seu monte de terra de vez em quando. Você deve notar que algumas mudas pequenas começam a brotar.

Escolha cerca de quatro ou cinco das mudas maiores e mais fortes e mova para um vaso separado. Espere que essas mudas cresçam e remova as que não estão indo tão bem, deixando apenas as duas maiores.

Aí está, é tudo o que você precisa saber para cultivar tomates usando os que você já tem muito maduro. 

Benefícios do tomate para saúde:

O tomate é rico em uma variedade de vitaminas e nutrientes benéficos para a saúde, tornando um dos melhores frutos disponíveis, especialmente quando cultivados sem o uso de pesticidas.

As propriedades antioxidantes dos tomates o tornam ideal para proteger contra uma variedade de doenças, especialmente aquelas que afetam o sistema cardiovascular, como doenças cardíacas. 

A vitamina C e E, ambas encontradas nos tomates, fornecem suporte crítico para o sistema cardiovascular.

No entanto, é o licopeno carotenóide que torna os tomates tão bons em proteger o sistema cardiovascular. 

O licopeno luta contra o acúmulo de gordura na corrente sanguínea e nas paredes arteriais, algo considerado um fator determinante nas doenças cardiovasculares e cardíacas.

Deixe uma resposta