Colesterol total


O Colesterol total consiste na soma do colesterol HDL, LDL, VLDL e IDL. Ele é considerado prejudicial a saúde quando os níveis são semelhantes ou superiories a 200mg/dl, e isso também depende da faixa etária.
O Colesterol total podem ter diferentes causas, são elas: a má alimentação, o sedentarismo, a idade e a tendência genética.
O Colesterol total alto, de modo geral, não possui nenhum sintoma particular, mas quando o mesmo é identificado provavelmente o paciente deverá estar acima do seu peso ideal e não levar uma boa alimentação regularmente.
O colesterol total possui alguns valores de referência de acordo com faixas etárias. Confira abaixo:
– Até 29 anos – 200 mg/dl
– Dos 30 aos 39 anos – 225mg/dl
– Dos 40 aos 49 anos – 245 mg/dl
– Acima dos 50 anos – 265 mg/dl
Valores semelhantes ou superiores aos citados acima são considerados altos e precisam ser controlados através de dietas, exercícios e dependendo da gravidade do caso através do uso de medicamentos.
O que fazer para baixar o colesterol total
Para conseguir baixar os níveis do colesterol total é necessário seguir uma dieta especial, essa dieta deve ser sugerido pelo médico ou por um nutricionista e de modo geral deve evitar o consumo de alimentos que possuam alto teor de gorduras, como carnes, óleos e manteigas. Passando então a investir em alimentos com digestão mais fácil e com níveis mais baixos de concentração gordurosa, é o caso das frutas, das hortaliças, dos legumes crus, ou então cozidos e temperados apenas como o sal, carnes mais magras e o consumo regular de água. É necessário ainda praticar exercícios físicos moderados com frequência.
A avaliação do médico é fundamental nos casos de colesterol alto e caso o mesmo não veja avanços apenas mudando a dieta e adotando hábitos melhores, pode ser que ele opte por prescrever o uso de medicamentos como a Sinvastatina, a Fluvastatina, Rozuvastatina, Pravastatina e outros semelhantes a eles que buscam controlar as dislipidemias.
Durante o período da gravidez pode acontecer de os valores do colesterol total aumentarem em até 60% e pode ser considerado normal, porém para evitar riscos a saúde da mãe e do bebê é indicado melhorar a dieta e praticar atividades físicas leves.

Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *