Como cultivar camomila em casa? Passo a passo

Como cultivar camomila em casa? Passo a passo

A camomila é uma das ervas aromáticas mais populares do mundo, tanto por suas propriedades medicinais, quanto pelo seu aroma perfumado. Graças ao seu tom vibrante, são uma excelente planta para ter em jardins ou pomares e as suas características são agradáveis ​​aos polinizadores como as abelhas e pequenos insetos.

Semear a camomila em casa é uma ótima prática, pois não requer cuidados excessivos, crescem rapidamente e são resistentes, principalmente em climas temperados. Vamos ver tudo o que precisamos saber para cultivá-las com sucesso.

Como cultivar camomila? Passo a passo

A camomila pode crescer perfeitamente em vasos e pequenos canteiros de 20 a 30 cm e depois ser transplantada para o solo fertilizada ou nutrida com húmus quando já tiverem pelo menos as primeiras folhas. As etapas a seguir são:

  1. Prepare o solo com composto ou húmus de minhoca.
  2. Com o solo nutrido, faça uma boa rega para que a terra fique úmida.
  3. Pega-se um punhado de sementes, que por serem tão pequenas, costumam ter a aparência de serragem, e as borrifam na superfície do solo preparado.
  4. Com o auxílio de uma vara, palito ou palha, o solo úmido é mexido até se misturar completamente com as sementes.
  5. Uma vez que a maioria das sementes já se confundiu com a terra, passamos a regar novamente, evitando poças.

A ideia desse método é que as sementes não fiquem profundamente no solo, pois precisam de muito sol para germinar e, por estarem profundamente enterradas, dificilmente as mudas podem emergir.

Quanto tempo a camomila leva para crescer?

O tempo que leva para uma semente germinar é de aproximadamente duas semanas ou 14 dias. Dependendo dos cuidados, precisam de pelo menos um ano para atingir a maturidade plena, embora devido ao seu rápido crescimento em 12 semanas esteja pronta para florescer na primavera, se é a versão alemã. A camomila comum cresce o ano todo.

Irrigação

O sistema de irrigação por gotejamento é superior para esta cultura em relação às demais, pois garante a umidade do solo e evita poças que podem apodrecer as raízes. Requer rega constante nas primeiras fases de crescimento e depois apenas umedecer o solo, sem molhar as folhas, à medida que começam a florir.

Esta planta é altamente resistente a secas parciais, se notar apodrecimento e falta de luz solar, é melhor reduzir a quantidade de água.

Poda

Parte fundamental no cuidado da camomila é a poda constante de talos excessivos, secos ou amarelados.

Colheita

Geralmente são colhidas na primavera, quando as flores estão totalmente abertas, pois têm o melhor sabor e aroma, antes que as pétalas brancas comecem a escurecer e cair e tenham aquele formato de cone característico.

Espero que tenha gostado deste artigo, que aprendeu a plantar camomila! Queremos ler como foi sua experiência nos comentários!

Deixe uma resposta