Guardar Os Dentes De Leite Pode Salvar a Vida De Seu Filho! Veja Como

Guardar Os Dentes De Leite Pode Salvar a Vida De Seu Filho! Veja Como

Pesquisas mostram que guardar dentes de leite adequadamente pode ajudar a obter células-tronco e curar doenças.

Se você tem filhos ou é responsável por outras crianças pequenas, que ainda tem dentes de leita, essa informação pode ser surpreendente e útil. 

Além de manter uma memória de infância, um estudo mostrou que manter os dentes do bebê podem ajudar no futuro para tratar doenças. Como? Com células-tronco.

O que são células-tronco?

Todos os seres humanos nascem com células-tronco, alguns deles os mantêm adequadamente mantendo seu cordão umbilical.

As células-tronco são a matéria-prima do corpo; elas são as células das quais todas as outras células com funções especializadas são geradas. 

Nas condições certas dentro do corpo ou no laboratório, as células-tronco se dividem para formar mais células, chamadas de células filhas.

Através de várias investigações, células-tronco pós-natais foram isoladas de uma variedade de tecidos, incluindo: medula óssea, cérebro, pele, folículos pilosos, músculo esquelético e polpa dentária.

Existem células-tronco nos dentes de leite?

Um estudo de 2003 publicado pela National Academy of Sciences mostrou que a preservação adequada dos dentes de leite pode ser uma maneira de obter células-tronco.

De acordo com os pesquisadores, isolar células-tronco humanas pós-natais de alta qualidade é uma meta importante para a pesquisa de células-tronco.

Neste estudo, eles descobriram que o dente decíduo humano (leite) contém células-tronco multipotentes. Células clonogênicas altamente proliferativas foram identificadas, capazes de se diferenciar em uma variedade de tipos celulares, incluindo células neuronais, adipócitos e odontoblastos.

Após o procedimento, descobriu-se que as células-tronco podem induzir a formação óssea e gerar a dentina nos indivíduos.

Esta pesquisa mostra que um órgão humano naturalmente contém uma população de células-tronco que são completamente diferentes das células-tronco previamente identificadas.

Expectativas

Os pesquisadores sugerem que os dentes de leite podem ser um recurso único e inesperado para terapias com células-tronco, incluindo o autotransplante de células-tronco e a engenharia de tecidos.

Em adição, este estudo fornece provas que indicam que a queda de um dente de leite que ocorre naturalmente é semelhante em alguns aspectos a um cordão umbilical, que contém células que podem proporcionar uma única fonte de células estaminais para aplicações clínicas potenciais.

Embora ainda não seja muito estudado, salvar essas células poderia ser mais útil do que pensávamos até agora.

Deixe uma resposta