Dermatite canina


A dermatite é uma doença que atinge seres humanos, mas que também é muito comum no mundo animal. A dermatite é um dos distúrbios mais comuns de acontecer entre os cães, sendo também uma das doenças mais incomodas para os bichinhos. 

A dermatite canina atinge uma média de 70% dos cães em idades médias de um até os três anos, e em alguns casos mais raros pode ser identificada em animais com menos de seis meses de vida. A doença é a segunda mais comum entre os cães, perdendo apenas para as alergias que são causada pelas picadas das pulgas.
Algumas raças de cachorros são tidas como mais predispostas a desenvolver a doença, entre elas podemos sitar Lhasa Apso, Shar Pei, Shih Tzu, West Highland White terrier, Pug, Scoth Terrier, Dálmats, Boxer, Boston Terrier, Schnauzer mini, Labrador, Pastor Belga, Golden Retriever, Bulldog inglês e o Fox Terrier. 

Causas e sintomas
A dematite canina pode ter diferentes origens, seus principais causadores são fungos e bactérias, sendo que muitos outros fatores contribuem para o seu aparecimento, como por exemplo o estresse, distúrbios do setor emocional, umidade e também fatores de herança genética. Cães que sofrem com hiperadrenocorticismo, hiperiotireoidismo canino e outros problemas que tenham origem endócrina podem ter mais facilidade no desenvolvimento da dermatite.
A umidade combinada com a falta de ventilação em animais que possuem a pelagem mais vasta e cumprida também pode ser um fator que possibilita o aparecimento da doença. Por isso é tão importante que os animais estejam sempre limpos, secos e escovados.
Outros fatores também podem colaborar para o aparecimento da dermatite, como por exemplo lambidas constantes do animal em uma mesma região do próprio corpo, além disso, as lambidas podem ser indicadores dos sintomas da doença, como alergias e coceiras. As lambidas indicam ainda outras alterações na pele do animal que podem acabar se tornando uma dermatite secundária ou indicar outros problemas como a sarna.
Tratamento Dermatite canina
Para fazer o tratamentos desses animais, é necessário primeiramente identificar a origem do problema, para que se possa começar combatendo o mesmo, os fatores geralmente são bactérias, emocional ou genético.
Levar o bichinho ao veterinário é a melhor saída para fazer tanto a identificação da dermatite quanto saber qual é a melhor forma de tratar o problema.

Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *