Pele ressecada – o que pode ser? Sintomas e tratamento


A pele ressecada geralmente atinge várias partes do corpo, sendo braços, pernas, coxas, abdômen, rosto, etc. Os sintomas geralmente são escamação da pele, coceiras e em alguns casos rachaduras.
pele-ressecada oque fazer
A pele seca é algo muito comum, principalmente em épocas mais frias como o inverno, onde o frio e o ar aquecido interno acabam provocando uma grande baixa da umidade, o que acaba ressecando a pele. 
Quando a pele perde a sua umidade ela começa a descascar e a desenvolver pequenas rachaduras. Isso pode provocar irritação e inflamações. Banhos frequentes em água muito quente e o uso de sabonetes ásperos podem contribuir ainda mais para que a pele fique ressecada.

Cuidados comuns para prevenir o ressecamento da pele
Alguns hábitos muito simples podem ajudar a prevenir a pele ressecada, eles são: tomar banhos mais curtos, usar sempre água morna para o banho, evitando temperatura muito alta. Usar o mínimo de sabonete possível, usando o mesmo apenas para limpeza do rosto, das genitais e axilas. Secar a pele completamente e sempre de maneira suave, passando a toalha pelo corpo com suavidade, evitando esfregar ela. Tomar banho menos frequentes também é bom.
Aumentar a umidade da pele é fundamental para esse processo, por isso é necessário utilizar óleos para banho e hidratantes pelo menos uma vez por dia, usar umidificador de ar em dias quem que o tempo estiver muito seco e principalmente beber água várias vezes ao dia.
Como saber se eu preciso procurar um médico
pele-ressecada
Em alguns casos, a pele seca pode acabar sendo resultado de algum outro problema que esteja ocorrendo internamente no organismo, ou então se agravar e provocar outros tipos de problema. Alguns pontos são fundamentais para saber se é a hora de procurar a ajuda de um médico para resolver o problema, eles são:
– Sentir muita coceira e identificar erupções cutâneas visíveis;
– Quando a coceira e a secura da pele causarem muito incomodo, a ponto de atrapalhar o sono;
– Quando houverem lesões ou cortes provocados por arranhões na pele;
– Quando os cuidados feitos em casa não forem suficientes para aliviar a coceira.

Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *