Se o seu filho ainda dorme com você, então você precisa ler isso!


Seu filho é um pedacinho seu nesta terra e o amor é tão grande que se pudesse não largaria ele por nem um minuto, sempre no seu colinho, mesmo crescendo dia após dia.

Mas, este texto vai fazer você ver este vínculo entre mãe e filho de outra forma. Confira:

O maior desejo de uma mãe é ver seu filho feliz, tendo o privilégio de comer o que tem vontade, ter as melhores roupas, passeios e brinquedos e para oferecer isso à ele, trabalhar é preciso!

O trabalho é um “abismo” entre você e seu pequeno por algumas horas, que te deixa louca de saudade, não vendo a hora de chegar em casa e aproveitar cada minuto com ele.

E ter ele todos os dias dormindo em sua cama, é mais cômodo, pois qualquer problema, você está perto dele e até para alimentar, fica mais fácil. Mas aí está um problema imperceptível.

Por mais que seu filho esteja em um berço ao lado da sua cama e dormindo profundamente, ele acaba por captar toda a energia durante as relações dos seus pais.

Verdade! Este momento íntimo do casal é absorvido pela criança sim, pois durante seu soninho, o cérebro dele não fica em off totalmente.

Os seres humanos foram criados com este alerta: para um perigo eminente ou algum barulho estranho. Por isso, não se iluda achando que ele não ouve os sons durante a relação.

Outro fato importante a ser discutido é a dependência criada no psicológico da criança. Ela sempre vai estar dependente de você para dormir mesmo que esteja caindo de sono, sem ir para sua cama, nada feito.

Desta forma, ela vai se tornar uma pessoa insegura e até mimada. Pois o ciclo da vida, é deixar ele aprender a andar, falar viver e principalmente dormir por si mesmo. No âmbito de proteger você está prendendo ele em um vício nocivo.

Sua intimidade deve ser preservada. E ele tem o direito de criar seu mundo em seu próprio quarto. A independência para se desenvolver de forma saudável.


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *