Vitiligo tem cura?


O vitiligo é uma doença dermatológica que provoca a morte dos melanócitos que são as células produtoras da pigmentação da pele. O vitiligo faz com que a pele fique branca. O vitiligo pode atingir tanto homens como mulheres, e aparecem naturalmente geralmente antes dos quarenta anos. Crianças também podem desenvolver o vitiligo em diferentes graus, e ela ainda pode se manifestar de formas e intensidades muito distintas ao longo do tempo.
Vitiligo
Muitas vezes a doença pode desaparecer e voltar depois de muito tempo.
Vitiligo tem cura?
Não existe uma cura reconhecida para a doença do vitiligo, mas existem tratamentos e métodos terapêuticos que demonstram efeito bastante eficaz na re-pigmentação das áreas de pele afetadas pela doença.
Um dos tratamentos mais populares para o vitiligo é a aplicação de cremes corticosteroides, além de fototerapias UV e transplantes dermatológicos.
Mas, de todos os métodos conhecidos até então, a aplicação de cremes e óleos composto a base de plantas e alguns outros componentes naturais específicos, acompanhados de uma dieta regular conciliada a terapias psicossomáticas, podendo estas ser yoga, artes marciais , etc. compõe o método mais eficaz para o tratamento do vitiligo e o controle do crescimento das manchas de despigmentação.
Vitiligo

Uma outra técnica que vem demonstrando efeitos muito positivos para a doença é o tratamento pela medicina homeopática.

Geralmente, os corticosteroides aplicados para evitar que ocorra inflamação dos tecidos. A inflamação de tecidos é o principal inimigo das pessoas que sofrem com o vitiligo, por isso é extremamente importante estar sempre atento ao estado das manchas. 
O vitiligo é uma doença do tipo hereditária. As doenças hereditárias podem ser adquiridas através da genética. Portanto, se alguém na família possui o vitiligo é preciso tem atenção e cuidado redobrado com pele, pois tem-se a chance de desenvolver também.
A doença também pode ser agravada por motivos de estresse, assim como todas as doenças que são dermatológicas. Portanto, o tratamento psicológico é fundamental para quem sofre com o vitiligo. 
Alergias também podem agravar o vitiligo, por isso é importante estar sempre atento ao contato com diferentes composições para não aumentar o problema.

Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *